O Irã entregou documentos e materiais de seus trabalhos e pesquisas nucleares, informou a agência da Organização das Nações Unidas (ONU) neste sábado. No entanto, Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) não afirmou se os documentos trazem novas informações quanto às atividades de Teerã e ao estágio das pesquisas, realizadas antes das negociações de um acordo nuclear. Em um comunicado de apenas uma frase, divulgado mais cedo, a agência afirmou que “o Irã entregou hoje à IAEA suas explicações e documentos relacionados, como foi acordado”.

Os Estados Unidos e outros países ocidentais acreditam que as pesquisas do Irã tinham como objetivo criar conhecimentos para a fabricação de armas nucleares. Esses trabalhos se tornaram um importante fator nos esforços políticos de Washington durante as negociações para um acordo nuclear entre o Irã e seis potências mundiais.

Parlamentares dos Estados Unidos, que irão votar o acordo no mês que vem, afirmam que o pacto não garante que Teerã irá oferecer explicações claras quanto às pesquisas realizadas no passado. Os críticos do acordo afirmam que é importante saber o quanto faltava para que o Irã conseguisse desenvolver uma arma nuclear para decidir sobre a assinatura ou não do tratado.

Conforme o acordo fechado no mês passado entre o Irã e a IAEA, o governo de Teerã tinha um prazo até este sábado para entregar documentos, materiais e outras informações, a fim de explicar uma série de questões sobre suas pesquisas e trabalhos nucleares. A agência terá um mês para analisar as informações. Passado este prazo, os dois lados devem se reunir em Teerã. Fonte: Dow Jones Newswires.