O porta-voz do Comando de Operações Conjuntas no Iraque disse que o grupo do Estado Islâmico atacou as tropas do governo com algum tipo de gás no oeste de Mosul – o segundo ataque realizado em dois dias.

O general-brigadeiro Yahya Rasool disse que seis soldados sofreram com problemas respiratórios em decorrência do ataque deste domingo, e foram tratados em uma clínica instalada próxima às instalações. Foi lançada uma investigação para determinar o tipo de gás utilizado.

O ataque ocorre um dia depois de um oficial militar iraquiano dizer que os militantes da EI lançaram um ataque com gás no bairro de al-Abar, no oeste de Mosul.

Dois oficiais do exército disseram que máscaras e outros equipamentos foram distribuídos às forças em caso de futuros ataques com gás. Eles falavam anonimamente porque não estavam autorizados a falar com a mídia. Fonte: Associated Press