A Irlanda e a França são os mais novos países da União Europeia a responder pedidos da Itália por ajuda com o resgate de migrantes que estão arriscando suas vidas em barcos de contrabandistas no Mediterrâneo.

O ministro da Defesa italiano, Roberta Pinotti, disse neste sábado que um barco de patrulha irlandesa estava chegando no Mediterrâneo.

Dois navios alemães e uma embarcação britânica já estão envolvidas, depois que a Itália pediu ajuda com os migrantes. Pinotti disse que a França também manifestou vontade de ajudar.

Centenas de migrantes salvos por um navio operado por uma organização privada e por um dos navios alemães chegaram em portos na Sicília e na Itália continental. Fonte: Associated Press.