Israel vai permitir a entrada de todos os bens “civis” na Faixa de Gaza, embora ainda proíba a chegada de armas no território controlado pelo Hamas, segundo afirmou hoje à AFP uma autoridade israelense do escritório do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu. “Estamos comprometidos em autorizar o fluxo de bens civis para a população civil na Faixa de Gaza”, declarou.

“A partir de hoje, há um sinal verde para que todos os bens entrem em Gaza, exceto itens militares e materiais que possam fortalecer a máquina militar do Hamas.” A revelação foi feita enquanto Netanyahu se reunia com o britânico Tony Blair, emissário para o Oriente Médio do Quarteto (formado por Estados Unidos, Rússia, União Europeia e Nações Unidas – ONU). As informações são da Dow Jones.