O primeiro-ministro da Itália, Paolo Gentiloni, urgiu nesta quinta-feira as autoridades italianas a redobrar esforços para chegar a pessoas isoladas pelos terremotos e a forte neve que cai sobre o país, a mesmo tempo em que procurou se esquivar das críticas.

O premiê afirmou que a prioridade é encontrar todas as pessoas isoladas em cidades que foram engolidas pela neve nos últimos dias, ou que foram prejudicadas pelos terremotos de ontem.

Moradores de regiões afetadas reclamam há dias que estão sem eletricidade. Sobraram críticas também pelo grande tempo de resposta das autoridades para chegar ao hotel enterrado sob a neve após uma avalanche.

“Pedi a todos que multipliquem seus esforços. Pedi aos políticos que mostrem sobriedade e respeitem a dificuldade da situação e os esforços dos militares e civis que atuam nela”, completou. Fonte: Associated Press.