O médico Ronny Jackson anunciou hoje que desistiu de sua nomeação para assumir como Secretário de Assuntos de Veteranos dos EUA, após acusações que ele afirma ser “completamente falsas e inventadas”.

Ontem, democratas de um comitê do Senado divulgaram relatório acusando Jackson de ter batido um veículo do governo enquanto dirigia embriagado, entre outras alegações.

Em resposta à decisão, o presidente dos EUA, Donald Trump, declarou que Jackson é um “homem incrível” e “teria feito um ótimo trabalho”. Trump atribuiu a desistência de Jackson a democratas “obstrucionistas” que estão “tentando destruir um homem”. Fonte: Dow Jones Newswires.