O governo japonês pretende distribuir 20 mil toneladas de arroz a países africanos e outras nações em desenvolvimento, que são cada vez mais afetados pela crise mundial dos alimentos.

O primeiro-ministro Yasuo Fukuda participará da cúpula especial da Organização para Alimentação e Agricultura das Nações Unidas (FAO), que será realizada em Roma entre os dias 3 e 5 de junho, para falar sobre o tema.

Fukuda também será o anfitrião, em julho, da reunião do Grupo dos Oito (G-8), que reúne as sete nações mais desenvolvidas do planeta e a Rússia.

A distribuição do arroz será feita pelo Programa Alimentar Mundial. O Japão prevê um gasto de US$ 100 milhões com o projeto.

Além de nações africanas, principalmente Quênia e Sudão, também receberão ajuda países do Oriente Médio, como o Afeganistão.