Jared Kushner, genro do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, concordou em participar de um painel do Comitê de Inteligência do Senado que investiga a interferência da Rússia nas eleições de 2016, primeira pessoa ligada ao governo a prestar depoimento ao painel.

Kushner é casado com a filha do presidente, Ivanka Trump e trabalha no governo como assessor sênior de seu sogro.

A Casa Branca e uma porta-voz do comitê confirmaram a informação. Kushner era o principal contato durante a campanha de Trump com governos estrangeiros.

“Durante a campanha e a transição de governo Jared Kushner trabalhou como principal ponte de contato com governos de outros países e autoridades. Como ele tinha esse papel, ele se ofereceu voluntariamente para prestar depoimento ao comitê”, segundo uma nota da Casa Branca. Fonte: Dow Jones Newswires.