Um jordaniano foi morto a tiros e um israelense ficou gravemente ferido em um incidente neste domingo (23) na embaixada de Israel em Amã, capital da Jordânia, disseram autoridades de segurança e um site de notícias ligado aos militares da Jordânia.

As tensões vêm aumentando entre Israel e o mundo muçulmano desde que Israel instalou detectores de metal em um santuário reverenciado por muçulmanos e judeus localizado na Cidade Velha de Jerusalém. O rei da Jordânia é considerado o guardião muçulmano do local. Na sexta-feira, milhares de jordanianos realizaram um protesto contra Israel em Amã. Fonte: Associated Press.