Um juiz federal está entre as vítimas fatais do atirador que baleou a deputada democrata Gabrielle Giffords durante um evento neste sábado em Tucson, no Arizona (EUA), afirmaram autoridades locais.

Uma porta-voz do Center Médico da Universidade de Tucson disse à CNN que a deputada ainda estava sendo operada. A agência de notícias Associated Press informou que um assessor de Giffords também foi morto no ataque.

Relatos da imprensa local apontaram que 12 pessoas foram baleadas pelo atirador. A polícia deteve o suspeito de ter efetuado os disparos, mas não revelou sua identidade.

O presidente dos EUA, Barack Obama, disse num comunicado que, embora muitos detalhes continuem desconhecidos, Giffords tinha sido “gravemente ferida”. “Peço a todos os americanos que se juntem a mim e a Michelle (esposa de Obama) e incluam a deputada Giffords, as vítimas desta tragédia e suas famílias em nossas orações”, disse o presidente americano. As informações são da Dow Jones.