Um tribunal da Espanha sentenciou cinco homens a nove anos de prisão nesta quinta-feira, 26, por estupro coletivo. O crime aconteceu em 2016, durante a corrida de touros de Pamplona, e causou polêmica pela forma como a vítima foi tratada durante o julgamento.

Os cinco membros da “La Manada”, apelido que os próprios réus se deram, argumentaram que a jovem consentiu ao ato sexual e a defesa apresentou um relatório assinado por um detetive sobre o comportamento da vítima após ser estuprada.

A corte anunciou que os homens são culpados por abuso sexual, mas não por agressão sexual, crime no qual a violência deve ser comprovada. Eles também devem pagar 50 mil euros à vítima e não entrar em contato com ela por 15 anos. Os cinco ainda podem recorrer da sentença. Fonte: Associated Press.