O Secretário de Estados dos EUA, John Kerry, chegou em Genebra na manhã desta quinta-feira, onde deverá se encontrar o enviado da Liga Árabe na Organização das Nações Unidas, Lakhdar Brahimi, e com o ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov.

De acordo com informações da Associated Press, a reunião com Brahimi deverá acontecer às 12h30 e o encontro com Lavrov, às 14h30 (horários de Brasília).

Kerry e uma equipe de especialistas norte-americanos esperam chegar a um acordo inicial sobre o futuro das armas químicas do governo do presidente sírio, Bashar Assad. A reunião de Kerry com Lavrov deve se focar na proposta de Moscou para colocar os armamentos sob controle internacional e, em seguida, destruí-los.

Uma das autoridades que está acompanhando Kerry disse que os norte-americanos deverão pedir que o regime sírio anuncie rapidamente o tamanho e o escopo do arsenal de armas químicas.

Além disso, o oficial afirmou que os EUA estão em busca de sinais de seriedade dos russos e ele acha que ficará claro em breve se os russos estão tentando protelar o processo.

Outro norte-americano da equipe de Kerry descreveu as ideias que os russos apresentaram até agora como “uma posição de abertura” que precisa de muito trabalho e contribuições de especialistas técnicos. As autoridades falaram em condição de anonimato.

A equipe dos EUA inclui especialistas que trabalharam na inspeção e remoção de armas não-convencionais da Líbia depois de 2003 e no Iraque após a primeira Guerra do Golfo. Fonte: Associated Press.