A polícia deteve o líder de oposição Alexei Navalny durante a manifestação realizada neste sábado no centro de Moscou, capital da Rússia, contra Vladimir Putin. Milhares de pessoas se reuniam nesta manhã na praça Pushkin para protestar contra a posse do presidente russo, nesta segunda-feira (7), que dará início a seu quarto mandato no cargo, por mais seis anos.

O protesto faz parte de uma série de atos marcados para ocorrer em ao menos dez cidades do país, incluindo São Petersburgo e localidades do extremo leste e da Sibéria. As manifestações, que têm como slogan a frase “Ele não é nosso czar”, foram convocadas por Navalny. A polícia deteve manifestantes em outras cidades, mas não há informações até o momento sobre o número de pessoas presas. Fonte: Associated Press.