O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse na noite de ontem (22), em Salvador, que ligou para o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, para saber sobre a nova crise diplomática entre o país e a Colômbia – o governo venezuelano decidiu romper relações diplomáticas com o país vizinho, após o governo colombiano apontar que grupos das Farc estavam usando o território venezuelano.

Lula não entrou em detalhes sobre o telefonema, comentou que conversou com Diego Maradona, o técnico da seleção argentina de futebol, que visitava Chávez, mas um assessor informou que o presidente brasileiro pediu para o colega evitar mais crises, porque o atual presidente colombiano, Álvaro Uribe, entrega o cargo ao sucessor, Juan Manuel Santos, em poucos dias.