A maioria dos americanos deseja uma “investigação independente” sobre uma possível ligação entre a Rússia e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, durante a campanha presidencial de 2016, de acordo com uma pesquisa de opinião da Reuters/Ipsos, divulgada na segunda-feira.

Segundo o levantamento, 59% dos adultos, incluindo 41% de republicanos e 79% de democratas, concordaram que “o Congresso deve realizar uma investigação independente sobre comunicações entre o governo russo e a campanha de Trump durante a eleição de 2016”.

O levantamento, realizado entre 10 e 14 de maio, inclui o período de demissão de James Comey do cargo de diretor do FBI – o que sugere que os americanos estão mais desconfortáveis em relação às acusações de uma possível interferência russa na campanha eleitoral. A demissão de Comey, que liderava a investigação do FBI sobre o assunto, intensificou pedidos de congressistas democratas por uma investigação independente do assunto. 1.541 pessoas foram entrevistadas, incluindo 515 republicanos e 686 democratas. A margem de erro é de 3 pontos porcentuais para mais ou para menos.