A polícia da Malásia afirmou ter encontrado mais 24 corpos de supostas vítimas de tráfico de pessoas em florestas que fazem fronteira com a Tailândia.

Em maio, as autoridades disseram ter descoberto mais de 100 túmulos suspeitos em acampamentos abandonados no norte do estado de Perlis, uma área remota de fronteira que os grupos criminosos utilizavam como ponto de locomoção.

Acredita-se que a maioria dos corpos era da minoria perseguida Rohingya de Mianmar e de migrantes pobres de Bangladesh.

A polícia disse que mais 24 corpos foram encontrados esta semana, além de 106 descobertos anteriormente. A investigação ocorre após autoridades desenterrarem 36 corpos de covas rasas em sete campos abandonados no lado tailandês da floresta. Fonte: Dow Jones Newswires.