A Interpol divulgou nesta terça-feira uma imagem dos dois iranianos que embarcaram no voo da Malaysia Airlines com passaportes roubados. A fotografia mostra que a dupla embarcou ao mesmo tempo no avião.

O secretário da Interpol, Ronald K. Noble, disse que eles viajaram para a Malásia com seus passaportes iranianos e, em um segundo momento, mudaram para os documentos furtados. Noble ressaltou que essas novas informações diminuem a probabilidade de um ataque terrorista como causa do desaparecimento da aeronave, que transportava 239 pessoas. Fonte: Associated Press.