Centenas de manifestantes tomaram as ruas do centro de Los Angeles, em um protesto contra o decreto do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que acelera a construção dos oleodutos Dakota Access e Keystone XL.

Os manifestantes se reuniram neste domingo na praça Pershing Square e iniciaram a marcha rumo ao prédio Edward Roybal, do governo.

A polícia disse que a manifestação era pacífica e que não houve detenções. Os que se opõem ao projeto Dakota Access, de US$ 3,8 bilhões, dizem que o oleoduto ameaça o fornecimento de água e afeta locais sagrados para tribos indígenas da região.

Trump disse que quer prosseguir com os projetos dos oleodutos Dakota Access e Keystone XL, que ligaria as areias petrolíferas do Canadá às refinarias na Costa do Golfo, nos EUA. Fonte: Associated Press.