Dezenas de milhares de pessoas marcharam neste domingo pelas ruas de Bilbao, no norte da Espanha, pedindo que os prisioneiros associados ao grupo separatista basco ETA cumpram suas sentenças em sua região nativa em vez de prisões em outras partes do país.

Cerca de 100 mil pessoas participaram da marcha, depois de um tribunal nacional autorizar a demonstração no sábado. Os organizadores haviam pedido que a marcha fosse silenciosa, mas os participantes entoaram os nomes de prisioneiros em voz alta. Segundo a polícia, a marcha foi pacífica.

Desde o final dos anos 1960, o ETA já matou 829 pessoas em atentados para forçar a criação de um Estado basco no norte da Espanha e sudoeste da França. O grupo anunciou um cessar-fogo em 2011, mas não entregou suas armas. Fonte: Associated Press.