As autoridades do Marrocos anunciaram nesta terça-feira que desmantelaram um grupo de oito pessoas que, acredita-se, se aliaram ao Estado Islâmico e planejavam ataques no país.

Em um comunicado, o Ministério do Interior afirmou que os suspeitos foram presos nas cidades de Tanger e Taounate, no norte, e Khouribga e Bouznika, no sul, e estavam em contato com o grupo Estado Islâmico, baseado no Iraque e na Síria.

De acordo com as informações divulgadas, o grupo planejava abrigar militantes do Estado Islâmico no Marrocos para que pudessem realizar ataques com o objetivo de desestabilizar o país. Os homens estariam portando passaportes estrangeiros.

Na sexta-feira, as forças de segurança anunciaram a prisão de um sírio que carregava um passaporte da Tunísia, que, supostamente, estava ligado ao grupo Estado Islâmico. A polícia afirmou nesta terça-feira que o homem também tinha ligações com antigos membros da Al-Qaeda que lutaram no Afeganistão. Fonte: Associated Press.