A parlamentar Justine Greening, que foi secretária de Educação do Reino Unido, afirmou que ela e outros membros do Partido Conservador defendem uma nova votação popular para definir se devem ou não deixar a União Europeia. A primeira-ministra britânica, Theresa May, rejeita a ideia.

Justine afirmou ainda que poderia fazer campanha pela permanência do país no bloco. A pressão sobre a primeira-ministra sobre as definições de como deve ocorrer o Brexit se intensificou desde a semana passada, com a publicação do Livro Branco, documento com detalhes sobre seu plano em relação à futura relação econômica UE.

Nesta segunda-feira, May sofreu críticas após aceitar emendas de radicais do Brexit ao texto, que limitariam a capacidade do governo de estabelecer os arranjos alfandegários que defende May. Fonte: Associated Press.