Um militante suicida a bordo de um caminhão atravessou nesta terça-feira (31) uma barreira de sacos de areia para atacar uma delegacia em Mossul, no norte do Iraque, provocando a morte de oito pessoas e ferindo 12, informaram autoridades americanas e iraquianas. O ataque desta terça é mais um sinal de que as forças iraquianas de segurança ainda não conseguiram controlar a situação em Mossul.

Em três meses chega a data prevista para que os Estados Unidos retirem suas forças de combate das principais cidades do país árabe. Enquanto isso, o Exército da Grã-Bretanha transferiu hoje para os Estados Unidos o controle da província sulista de Basra, rica em petróleo. Trata-se da mais recente desmobilização com vistas à total retirada das forças britânicas presentes no Iraque, prevista para maio.