O Supremo Tribunal Federal informou em seu site que o ministro Cezar Peluso negou pedido de liminar em mandado de segurança protocolado pelo governo da Itália contra a decisão do ministro da Justiça, Tarso Genro, de conceder a condição de refugiado a Cesare Battisti, condenado pela Justiça italiana. Segundo o STF, o governo italiano pedia a suspensão do ato do ministro Tarso Genro, alegando que “sua consideração poderá gerar o prejuízo do processo de extradição” pedido pela Itália.