O pré-candidato republicano à Casa Branca Mitt Romney, grande vencedor das primárias da Flórida, disse ontem para o presidente dos EUA, o democrata Barack Obama, “sair do caminho”. Romney esmagou seu mais próximo rival para a nomeação presidencial republicana, o ex-presidente da Câmara Newt Gingrich, por uma margem de dois dígitos na Flórida, de acordo com projeções da mídia norte-americana.

Essa vitória coloca Romney, um magnata de investimentos e ex-governador de Massachusetts, em uma posição de comando para ganhar o direito de disputar a eleição presidencial de 6 novembro contra o democrata Obama.

“Senhor Presidente, você foi eleito para liderar. Você escolheu o que seguir. E agora é hora de você sair do caminho”, disse Romney, sobre Obama, ganhando aplausos da multidão de partidários e membros da família reunidos em Tampa. Ele felicitou seus três rivais nas primárias – Gingrich, o ex-senador Rick Santorum e o congressista texano Ron Paul – no que ele chamou de uma “disputa muito dura”.

O ex-governador de Massachusetts culpou Obama por uma série de males, incluindo a alta taxa de desemprego do país. Liderança “é tomada de responsabilidade, não dar desculpas”, disse ele, acrescentando que a corrida presidencial deste ano será “sobre como salvar a alma da América”.