Cerca de 800 militares da Moldávia, dos Estados Unidos, da Romênia, da Polônia e da Geórgia estão participando de exercícios militares conjuntos na Moldávia, ex-república soviética que faz fronteira com a Ucrânia. Os exercícios do “Esforço Conjunto 2015” começaram neste domingo e se estenderão até 25 de julho em uma base militar na segunda maior cidade da Moldávia, Balti, onde vivem muitos russos étnicos.

O coordenador dos exercícios, coronel Veaceslav Rusu, disse que o objetivo das manobras, que estão entre as maiores já encenadas na Moldávia, é testar a interoperabilidade das forças armadas dos países participantes. Antes dos exercícios, militares norte-americanos treinaram soldados moldávios para usar equipamentos de comunicação modernos e consolidar sistemas de controle militares do país, segundo o coronel.

A Moldávia tem sido palco de mais exercícios militares desde que distúrbios eclodiram na Ucrânia e a Rússia anexou a Península da Crimeia no ano passado. A Moldávia integra o programa da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) Parceria para a Paz. Fonte: Associated Press.