O governo de Evo Morales reconheceu no sábado (12) a autonomia de cinco povos indígenas aliados, antecipando-se em três semanas a um referendo da oposição para declarar a autonomia do distrito de Santa Cruz.

O projeto de nova Constituição "plurinacional" de Morales reconhece autonomia indígena, mas impede a mesma iniciativa dos distritos.