O brasileiro Maxsuel Medeiros, que morava ilegalmente no estado norte-americano de Massachusetts, morreu nesta quarta-feira (12) no Hospital Geral do estado por causa de uma doença desconhecida. Ele estava sob custódia da polícia dos Estados Unidos desde sexta-feira. A informação é da promotoria de Essex.

Medeiros é o segundo brasileiro ilegal nos EUA a morrer sob custódia policial em um mês. Em 7 de agosto, Edimar Alves Araújo de 34 anos, morreu em Woonsocket, no estado de Rhode Island, depois de ter sido detido pela polícia devido a uma infração de trânsito e entregue a agentes federais de imigração. Sua irmã disse que policiais não permitiram que ela desse a ele remédios contra epilepsia.