A polícia e manifestantes entraram nesta quarta-feira (22) em choque no norte da índia, deixando 15 pessoas feridas, após uma multidão enfurecida tocar fogo em trens em protesto contra ataques que aconteceram no início desta semana a trabalhadores migrantes em Mumbai, centro financeiro da Índia. Dezenas de manifestantes apedrejaram a polícia e feriram doze guardas, antes dos agentes começarem a disparar contra a multidão. As informações partiram do chefe da polícia local, A.K. Ambedkar.

Pelo menos três manifestantes foram feridos a bala em Sasaram, 100 quilômetros ao oeste de Patna, capital do estado de Bihar. No total, os manifestantes queimaram oito trens e interromperam o serviço ferroviário em Bihar, disse o chefe local das ferrovias, A.K. Chandra. A multidão protestava contra um ataque que ocorreu no domingo a estudantes, muitos dos quais de Bihar, que viajaram para Mumbai em busca de trabalho.