Os restos mortais de 104 vítimas do acidente com o voo 447 no Oceano Atlântico chegaram hoje à França para identificação, dois anos após o acidente ocorrido em 31 de maio de 2009. Os corpos e pedaços da fuselagem do avião da Air France seguiram de navio até o porto de Bayonne, sob forte proteção policial e militar.

Os restos foram descobertos por robôs no oceano, em abril, a uma profundidade de 3.900 metros. Todas as 228 pessoas a bordo morreram, quando o avião que partiu do Rio de Janeiro e seguiria até Paris caiu no Atlântico.

Três contêineres com destroços da aeronave estão sendo levados para a cidade francesa de Toulouse para análise. Os corpos seguirão para Paris, para a identificação por meio de testes de DNA. A causa exata do acidente ainda não está clara, e as investigações prosseguem. As informações são da Associated Press.