O navio-plataforma Development Driller 3, que estava trabalhando na perfuração do primeiro dos dois poços de alívio que têm como objetivo acabar com o vazamento da BP no Golfo do México, deve retornar ao local da perfuração hoje, já que a tempestade tropical que havia motivado sua retirada perdia força. A saída do navio havia sido decidida na quinta-feira.

O vazamento foi vedado na semana passada, e continuou assim durante a retirada do navio da área. A pressão, segundo a BP, continua aumentando lentamente, fortalecendo a confiança de que o poço pode continuar vedado. As informações são da Dow Jones.