Um bomba foi detonada junto a um posto de segurança na pequena cidade de Saidu Sharif, no noroeste do Paquistão, por um suicida que dirigia um riquixá motorizado. Segundo autoridades locais, o ataque deixou 13 mortos e 52 feridos. Menos de 24 horas antes, duas explosões quase simultâneas causaram a morte de 55 pessoas em Lahore, cidade no leste do Paquistão.

Nenhum grupo assumiu a autoria dos atentados, mas a suspeita é de que teriam sido lançados por insurgentes islâmicos que há anos se opõem ao governo paquistanês por sua aliança com os Estados Unidos na região. Entre os mortos do atentado de hoje estavam dois soldados e dois policiais.