A imprensa oficial da China anunciou que o número de mortos na explosão que ocorreu no porto de Tianjin na quarta-feira subiu para 104. O novo número foi divulgado após equipes de resgate vasculharem os armazéns devastados pelo fogo e por uma série de explosões, que começaram na quarta-feira.

As equipes de resgate encontraram mais um sobrevivente neste sábado. Mais cedo, autoridades do país ordenaram a evacuação da área, para eliminar a contaminação por produtos químicos. Ainda há relatos de explosões menores no local.

Entre os mortos, estão pelo menos 21 bombeiros dos mais de mil que foram enviados para conter as enormes chamas e explosões. Este é o desastre com maior número de mortos entre bombeiros da China em mais de seis décadas. Mais de 720 pessoas ficaram feridas e diversos bombeiros ainda estão desaparecidos. Fonte: Associated Press.