O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, firmou nesta quarta-feira uma declaração de “grande desastre” em áreas dos Estados da Carolina do Norte e de Nova York. O motivo para isso é a destruição causada pelo furacão Irene, no último final de semana, causando muitas enchentes e estragos.

Com a medida estarão disponíveis fundos federais para os esforços de resposta ao desastre nos dois Estados. A tempestade se desfez enquanto passava pelo Canadá, na terça-feira, sem devastar a cidade de Nova York como temido. Irene causou, porém, grandes enchentes em três Estados e deixou milhões de norte-americanos sem eletricidade. No total, foram confirmadas 46 mortes relacionadas ao furacão nos EUA e no Caribe, sendo pelo menos 40 nos EUA e as demais em República Dominicana, Haiti e Porto Rico. As informações são da Dow Jones.