O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, declarou a Influenza A (H1N1), mais conhecida como gripe suína, uma “emergência nacional”, como informou hoje a Casa Branca. A declaração de emergência foi assinada pelo presidente na noite de ontem.

A gripe suína atingiu 46 dos 50 Estados americanos e causou mais de mil mortes no país.

Sessenta milhões de americanos já se vacinaram este ano contra o vírus sazonal da gripe e outras doenças respiratórias diante do surgimento da gripe suína, segundo autoridades americanas.