O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, participou nesta quarta-feira (7) de um raro encontro que reuniu o atual presidente norte-americano, George W. Bush, e os três ex-presidentes ainda vivos, Bill Clinton (1993-2001), George Herbert W. Bush (1989-1993) e Jimmy Carter (1977-1981). O atual presidente, Bush, lembrou aos seus predecessores e a seu sucessor, que tomará posse no dia 20 deste mês, que o cargo “transcende o indivíduo”, enquanto Obama disse que a oportunidade de obter conselhos de todos é algo “extraordinário”. “Eu apenas gostaria de agradecer ao presidente por nos ter recebido”, disse Obama, ladeado pelo ex-presidente George Herbert W. Bush de um lado e por seu filho e atual presidente do outro.

Os ex-presidentes Bill Clinton e Jimmy Carter, ambos sorrindo, se juntaram aos três. “Todos os senhores aqui entendem tanto as pressões e a possibilidades deste cargo”, disse Obama. “Para mim, ter a oportunidade de receber auxílio, bons conselhos e a camaradagem de todos eles é extraordinário”, disse o presidente eleito. Bush desejou boa sorte a Obama quando os cinco se juntaram para uma foto oficial antes de almoçarem na Casa Branca. O almoço não foi aberto à imprensa. “Eu gostaria de agradecer o presidente eleito por ele se juntar aos ex-presidentes para almoçar”, disse Bush. “Eu te desejo o melhor e o país também”, disse Bush a Obama.

Bush e Obama tiveram antes uma reunião privada de 30 minutos. Esse encontro, apenas 13 dias antes da posse de Obama, teve o foco em eventos bem atuais, como a guerra de Israel contra a Faixa de Gaza e a recessão na economia americana. Obama, Bush e os ex-presidentes almoçaram em uma sala privada ao lado do Salão Oval, o escritório do presidente dos EUA.

Considerando a ligação que têm com a história, os presidentes reúnem-se com pouca frequência, particularmente na Casa Branca. E quando estão na mesma sala, geralmente é para algum momento importante ou triste, como o funeral de um líder mundial, a abertura de uma biblioteca presidencial ou uma comemoração histórica.

A Casa Branca disse que Obama deu a ideia de uma reunião presidencial quando encontrou-se com Bush no Salão Oval em novembro, e Bush gostou da sugestão. O último evento a reunir os ex-presidentes norte-americanos na Casa Branca ocorreu em 2000, em homenagem aos 200 anos da construção do prédio. O ex-presidente Ronald Reagan, que ainda estava vivo, não compareceu porque sofria do Mal de Alzheimer. O último encontro que reuniu todos os ex-presidentes americanos vivos (2000 foi exceção porque Reagan não compareceu) ocorreu em 1981.