O presidente Barack Obama enviou saudações aos muçulmanos de todo o mundo pela celebração do Eid-al-Fitr, que marca o fim do mês sagrado do Ramadã, período de jejum e orações. Obama também pediu doações para as vítimas das enchentes no Paquistão.

Neste ano, o feriado cai no sábado, 11 de setembro, nono aniversário dos ataques terroristas de 2001. E o sentimento antimuçulmano está em pauta por causa de um projeto para a construção de uma mesquita e um centro islâmico a alguns quarteirões do Marco Zero, onde ficava o World Trade Center.

Obama disse que o feriado muçulmano é um período para refletirmos sobre a importância da tolerância religiosa e para honrar o papel positivo que todas as religiões têm na vida dos norte-americanos.