O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu ao pastor Terry Jones, do Estado da Flórida, que “escute os anjos bons” e desista de seu plano de queimar exemplares do Alcorão. Jones comanda uma igreja pouco conhecida e é autor do livro The Islam is of the Devil (O Islã é do Demônio, em tradução livre). O pastor afirmou que pretende realizar esse protesto para marcar mais um ano dos atentados de 11 de setembro de 2001.

Em entrevista à emissora ABC, divulgada nesta quinta-feira, Obama disse esperar que Jones escute os pedidos de tantas pessoas que têm se manifestado e desista do ato. A Casa Branca e o Vaticano já se manifestaram, nos últimos dias, contra o protesto.

Obama disse que a proposta do pastor é contrária aos valores norte-americanos. “Esse país foi construído sobre a noção da liberdade e da tolerância religiosa”, disse. Segundo Obama, a queima do Alcorão seria uma boa notícia para a Al-Qaeda em busca de novos recrutas para o terror. “Pode haver violência séria em locais como o Paquistão e o Afeganistão,” alertou. Com informações da Dow Jones.