Especialistas em direitos humanos das Nações Unidas estão exigindo respostas do governo da Venezuela sobre o uso de violência e prisões em uma em repressão aos protestos no país.

Seis especialistas do Conselho de Direitos Humanos da ONU escreveram ao governo do presidente Nicolás Maduro pedindo “pronto esclarecimento das acusações de detenção arbitrária e uso excessivo de força e violência contra os manifestantes, jornalistas e profissionais de mídia durante a recente onda de

protestos no país”.

Um comunicado divulgado nesta quinta-feira pelos repórteres especiais Frank La Rue, Maina Kiai, Mads Andenas, Juan Méndez, Christof Heyns e Margaret Sekaggya defendeu que as alegações precisam ser “urgentemente e exaustivamente investigadas”. Fonte: Associated Press.