O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, fez um apelo para que não seja "poupado nenhum esforço" em garantir a segurança aos funcionários das Nações Unidas ao redor do mundo. Ban fez o apelo no mesmo dia em que a ONU informou que mais funcionários morreram no ataque terrorista contra o escritório em Argel nesta semana. Segundo a ONU, 17 funcionários foram mortos no ataque da terça-feira.

A vice porta-voz da ONU, Marie Okabe, anunciou o novo número de baixas e disse que a organização não sabe se ainda existem corpos em meio às ruínas do prédio que os escritórios da ONU ocupavam em Argel. Trabalhadores de resgate encerraram as buscas hoje e o Ministério do Interior da Argélia contou o número oficial de baixas em 37 pessoas mortas nos ataques aos prédios da ONU e do governo argelino. A autoria dos ataques foi reivindicada pelo braço da rede terrorista Al-Qaeda no Norte da África.