O líder da oposição na Venezuela, Henrique Capriles, fez hoje um apelo para que a população do país participe das manifestações organizadas na quarta-feira para pedir por um referendo contra o atual presidente, Nicolás Maduro.

Capriles disse que passou os dois últimos meses tentando obter, sem sucesso, o acesso a documentos para propor o voto, e criticou o governo de Maduro por supostamente impedir a organização de um mecanismo previsto na Constituição. Ele também acrescentou que a mudança de regime “é a única forma de resolver a crise política, que nos permitirá resolver a crise econômica.”

“É incrível que, em um país como a Venezuela, seja preciso convocar um protesto apenas para conseguir acesso a um documento. “Bom, senhoras e senhores, nós iremos fazê-lo”. Fonte: Dow Jones Newswires.