A oposição venezuelana anunciou nesta quinta-feira que irá a organismos internacionais para denunciar o governo do presidente Nicolás Maduro por usar a Suprema Corte do país para ir contra a Assembleia Nacional e por deter membros da oposição, acusados de envolvimento em planos contra o governo.

O presidente do Congresso, deputado Julio Borges, afirmou que irá apelar para as Nações Unidas, a Organização dos Estados Americanos (OEA) e outras entidades para denunciar a prisão do deputado suplente Gilber Caro e do vereador Jorge Luis Gonzalez. Um terceiro preso foi o ex-ministro da Defesa, general aposentado Raul Baduel, que foi acusado de ter materiais para supostas atividades conspiratórias em sua casa. Fonte: Associated Press.