Tropas afegãs e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) anunciaram hoje que mataram o mulá Zergay, um importante comandante do Taleban, em uma operação na semana passada na província de Kandahar, maior cidade do sul do Afeganistão.

As forças aliadas perseguiram o mulá Zergay por várias semanas e lançaram uma ação para capturá-lo numa casa no bairro de Zhari, informou a Otan em comunicado. O ataque deu início a um confronto e Zergay foi morto juntamente com vários de seus guardas.

A Otan disse que Zergay era “o principal comandante Taleban” da região ao redor da cidade de Kandahar, afirmando que ele foi responsável por ataques nos distritos de Argandab e Zhari.

Os moradores geralmente viam Zerbai como integrante de um pequeno grupo de líderes que supervisiona as operações do Taleban no interior e ao redor da cidade.

Ele era conhecido por ataques à bomba e a Otan disse que ele foi “diretamente responsável por várias mortes apenas na cidade de Kandahar”.

A região que compreende a cidade de Kandahar e seus arredores é o alvo de uma ação para expulsar o Taleban de suas fortalezas ao sul do Afeganistão. O Taleban lançou uma contraofensiva com uma série de ataques contra importantes instalações da Otan no país nas últimas semanas e uma campanha de assassinatos de líderes favoráveis ao governo no interior e nos arredores de Kandahar.