Um funcionário da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) disse que o órgão de decisão da aliança militar aprovou a extensão da missão na Líbia por mais 90 dias.

O funcionário, que falou em condição de anonimato porque o comunicado oficial ainda não foi preparado, disse que o Conselho do Atlântico Norte, composto por representantes dos 28 países da Otan, aprovou a extensão nesta quarta-feira.

Sem a medida, a permissão para a realização da operação terminaria em 27 de setembro.

Segundo a fonte, a missão estará em constante revisão e pode se encerrada a qualquer momento. A Otan tomou o comando da operação em março e já a estendeu por 90 dias em junho.

O coronel Muamar Kadafi foi derrubado do poder na Líbia, mas bolsões de combatentes ligados a ele ainda resistem em alguns pontos do país. As informações são da Associated Press.