A força de resposta rápida da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) já está operacional, afirmou nesta quarta-feira o secretário da entidade, Jens Stoltenberg.

O batalhão, entretanto, está organizado de forma interina até o estabelecimento da força oficial. Atualmente, ele é composto, em sua maioria, por soldados emprestados da Alemanha, Holanda e Noruega. Segundo Stoltenberg, ela é formada de milhares de militares e pode ser empregada em questão de dias, se necessário.

“Uma solução interina está funcionando, e vamos focar agora em torná-la permanente agora”, afirmou o secretário.

A Otan informa que ainda é cedo para saber quando ela estará completamente operacional, ou como vai ser financiada. A força de resposta rápida foi aprovada em setembro por líderes da Otan, em meio a temores sobre as ações russas na Ucrânia. Fonte: Associated Press.