O Vaticano informou hoje que o papa Bento XVI aceitou a renúncia de mais dois bispos irlandeses. Entre eles está Joseph Duffy, que em março passado admitiu não ter contado à polícia sobre um padre que molestava crianças, em um caso de 1989.

Além de Duffy, o papa aceitou a renúncia do bispo auxiliar Francis Lagan. O comunicado falando sobre a renúncia cita a idade como motivo para as aposentadorias. Os dois religiosos já passaram dos 75 anos, idade prevista na Igreja Católica para se aposentar.

Desde dezembro, o papa aceitou as renúncias de outros três bispos que haviam sido vinculados com as investigações de autoridades da Irlanda e da Igreja Católica como supostamente responsáveis por acobertar abusos. A diocese de Derry, na Irlanda, também foi acusada de acobertar crimes de abusos cometidos por religiosos.