O papa Francisco se tornou o segundo pontífice a visitar um templo budista nesta quarta-feira, alterando a programação no último minuto para prestar homenagens a um importante local de adoração budista na capital do Sri Lanka.

Dentro do templo, ele foi recebido por monges e pode presenciar a exibição de relíquias budistas pertencentes a dois importantes discípulos de Buda. As relíquias, que são exibidas uma vez por ano, foram mostradas a Francisco em sinal de gratidão.

Segundo o chefe do templo, Banagala Upatissa, permitir ao papa ver as relíquias “é a maior honraria que podemos oferecer ao pontífice.”

A visita ao templo foi um dos três eventos adicionados de última hora à agenda do papa nesta quarta-feira. Depois de canonizar a primeira santa do país e visitar um templo cristão no nordeste da ilha, Francisco também se encontrou com o presidente deposto, Mahinda Rajapaksa, na embaixada do Vaticano. Depois, ele se encontrou com bispos do Sri Lanka, um evento que tinha sido retirado da agenda de terça depois o papa alegou estar cansado. Fonte: Associated Press.