O Paquistão vai realizar eleições parlamentares nacionais em 11 de maio, informou o porta-voz da presidência nesta quarta-feira. A votação vai marcar a primeira transição de um governo civil para outro. Segundo Farhatullah Babar, o presidente Asif Ali Zardari aprovou a proposta que estabeleceu a data para as eleições.

O Parlamento paquistanês concluiu seu mandato no sábado, o que fez do legislativo o primeiro democraticamente escolhido a encerrar um mandato completo de cinco anos, num país que já passou por três golpes militares e vive persistentes crises políticas desde 1947, ano que declarou a independência do Reino Unido.

O Partido do Povo do Paquistão (PPP) é alvo de rumores de que seria deposto ou forçado a convocar eleições antecipadas desde que chegou ao poder, em março de 2008. Estes cinco anos no poder foram marcados por uma crise política quase constante e um conturbado relacionamento com o poderoso Exército do país.

Agora que o Parlamento e o governo foram dissolvidos, um governo interino vai governar o país e supervisionar as eleições. As informações são da Associated Press.