O Paquistão informou que o teste com dois mísseis capazes de carregar artefatos nucleares realizado hoje foi um sucesso. O míssil Shaheen-1 tem um alcance de cerca de 650 quilômetros enquanto o míssil Ghaznavi pode atingir alvos a uma distância de 290 quilômetros. Em nota, os militares afirmam que os mísseis atingiram seus alvos com sucesso.

Os mísseis construídos no Paquistão são, em sua maioria, destinados a qualquer confronto com a Índia. O alcance do Shaheen-1 permitiria um ataque à capital indiana, Nova Deli. Os testes deste sábado não deverão agravar as tensões existentes entre os vizinhos, ambos detentores de armas nucleares, pois a condução de testes de mísseis é rotina na região.

O último teste de mísseis paquistaneses acontece mais de uma semana depois que os líderes do Paquistão e da Índia se encontraram no Butão durante uma conferência regional, na expectativa de melhorar as relações entre os dois países, que estão estremecidas desde os ataques terroristas em Mumbai, em 2008.