Sondagens indicaram que o principal partido de centro-esquerda da Alemanha venceu uma eleição neste domingo, no menor estado do país, Bremen, e deve assim prolongar suas décadas de dominação na localidade, apesar de ter perdido apoio significativo.

Bremen tem sido liderada pelos social-democratas de centro-esquerda desde os anos 40. Contudo, pesquisas de boca de urna para os canais de televisão ARD e ZDF indicaram que o partido deve ficar com cerca de 33% dos votos, ante 38% quatro anos atrás.

As pesquisas também apontaram para uma fraca maioria na legislatura estadual para a coalizão do prefeito Jens Boehrnsen com o Greens, que também perdeu terreno.

Apesar de aparentemente ter pedido força, o seu partido estava bem à frente em relação ao da chanceler Angela Merkel, o conservador Democratas-cristãos, que é tradicionalmente fraco em Bremen.

Cerca de 500.000 pessoas estavam aptas a votar em Bremen, que é uma região financeiramente fraca e possui taxa de desemprego de 11,1% – o mais alto entre os estados alemães.