O partido do primeiro-ministro Vladimir Putin obteve bons resultados em eleições locais, apesar das reclamações da oposição sobre várias irregularidades no processo eleitoral, segundo os resultados preliminares da Comissão Central de Eleições. O Rússia Unida teve grande vantagem em todas as nove eleições regionais parlamentares, além de milhares de prefeituras. A votação de domingo foi a maior desde a eleição de Dmitry Medvedev como presidente, no ano passado.

O Rússia Unida controla o Parlamento federal, que também conta com outros três partidos: os Comunistas, o Partido Liberal Democrático, de direita, e o recentemente formado Apenas Rússia, de esquerda. Os críticos dizem que entre os três partidos que não estão no governo apenas os Comunistas podem ser considerados uma oposição de fato ao Rússia Unida. Apesar disso, o líder do partido liberal, Vladimir Zhirinovsky, reclamou da pressão exercida por autoridades locais na eleição de domingo. O líder do Partido Comunista, Gennady Zyuganov, também reclamou na imprensa local.

Uma analista do Carnegie Moscow Center, Masha Lipman, apontou que o Rússia Unida é popular o suficiente para ter um bom desempenho, sem a necessidade de fraude. Segundo Masha, os casos de fraude aparentemente foram realizados por administradores locais, com a intenção de obter vantagens para suas carreiras.